Definições
Exames
Terapias
Códigos CHBPM/AMB
Localização
Contato

NUCLEVEL - Medicina Nuclear

<< Voltar

Pesquisa de Corpo Inteiro.



 O que é PCI?

O termo PCI consiste na abreviatura de "pesquisa de corpo inteiro", e como o próprio nome descreve representa qualquer exame de medicina nuclear que faça um rastreamento (ou avaliação diagnóstica) do corpo como um todo. Portanto, o procedimento de "PCI" pode abarcar diversas aplicações, sempre relacionado com o radiotraçador utilizado.

Apenas como ilustração, existem inúmeros radiotraçadores além de iodo radioativo empregados para PCIs, tais como o sestemibi-99mTc e octreotide-111 In para tumores específicos, leucócitos- HMPAO-99mTc para processos infecciosos e citrato de gálio-67 para certos linfomas e processo inflamatórios/ infecciosos.

As informações contidas nesse tópico são relacionadas a PCI com iodo radioativo (radioiodo), sendo o mais utilizado o iodo-131 (1311).



 Para que serve o exame?

Baseado na propriedade de concentração de iodo das células tireoideanas normais e certos tipos de células de câncer tireoideano, a PCI com iodo-131 é indicada para avaliação de pacientes com carcinoma bem diferenciado da tireóide.
Os carcinomas bem diferenciados da tireóide, ou em outras palavras, que ainda mantém a capacidade de concentrar o iodo, são classificados basicamente em carcinoma papilífero e folicular, apresentando espectro de variantes.
Portanto, a PCI com radioiodo pode ser indicada para:

Avaliação inicial, após a cirurgia de retirada de tireóide, com objetivo de avaliar a presença de tecido iodo- concentrante remanescente e possível acometimento de outros órgãos, neste caso com o objetivo de melhor cálculo da dose terapêutica de iodo-131;

Avaliação inicial, após a dose terapêutica do iodo-131, também denominada de PCI pós - dose terapêutica, sendo em geral realizada 4 a 10 dias após o tratamento;

Seguimento a médio e longo prazo de pacientes tratados, tanto para fins de controle ou na suspeita de recidiva (= reaparecimento) da doença, podendo ou não ser associado ao estímulo com TSH recombinante humano e/ ou dosagens sangüíneas de tireoglobulina.


 Quem deve solicitar o exame?

Como qualquer método de diagnóstico subsidiário, seu exame deverá ser sempre solicitado por um médico (a)


A pesquisa de Corpo inteiro ( PCI) Não deve ser realizada em mulheres grávidas! Caso haja dúvida de risco de gestação, é melhor realizar antes um teste de gravidez ou informar o (a) médico (a). Caso esteja amamentando, deve-se suspender a amamentação e o contato íntimo com a criança por no mínimo 8 dias após o PCI. Dependendo do radiotraçador utilizado o tempo pode variar, devendo ser consultado o médico (a) nuclear para decisão adequada. Existe necessidade de preparo adequado para cada situação, sendo descrito nos tópicos a seguir.

 O exame é seguro?

Os riscos são MÍNIMOS, relacionados á probabilidade de reação adversa a medicamentos, (incluindo reação alérgica).

Estudos médicos* da década de 90 incluindo mais de 850.000 pacientes vericaram índices mínimos de reação adversa em procedimentos gerais de medicina nuclear, variando de 2 para cada 100.000 a 1,1 para cada 10.000 procedimentos, ou seja, entre 0,002% a 0,01% nos casos de indíviduos com relato de "alergia ao iodo", não existe relação de reação adversa ou alérgica grave com as doses habitualmente empregadas na PCI com radioiodo. Como curiosidade, a quantidade de átomos de iodo na dose empregada na PCI é menor que a quantidade encontrada na dieta habitual ( inclusive em nosso sal que por lei é iodado), é muito menor que a quantidade de iodo contido nos contrastes iodados da urografia, tomografia e cateterismo cardíaco. Apenas para comparação, o risco de reação adversa relacionada aos exames de medicina nuclear que o risco de reação aos contrastes e tomografias contrastadas .

*Referências
Hesslewood Sr, Keeling DH. Frequency of adverse reactions to radiophamaceuticals in Europe Eur J Nucl Med. 1997 Sep;24 (9):1179-82.
Silbertein EB, Ryan J. Prevalence of adverse reactions in nuclear medicine.Pharmacopeia Committee of the Society of Nuclear Medicine.J Nucl Med. 1996 Jan;37(1):185-92.
Mishkin MM.Contrast media safety: what to we kanow and how do we know it?
Am J cardiol.1990 Oct 26;66 (14):34F-36F.
Webb JÁ, Stacul F, Thomsen HS, Morcos SK. Late adverse reactions to intravascular io media.Eur Radiol.2003 Jan; 13 (1):181-4.Epub 2002 Sep 10.



 A radiação empregada no exame faz mal para saúde?

NÃO existe dano ou risco para o paciente nas doses de radiação habitualmente utilizadas nos procedimentos diagnósticos de medicina nuclear. A exceção seria no caso de mulheres gestantes ( principalmente no 1º trimestre) e em amamentação, pois devido a maior sensibilidade do feto e do recém nascido, evita-se a exposição a qualquer nível de radiação, sendo portanto contra - indicado a realização de exames de medicina nuclear em gestantes e mulheres em amamentação, salvo casos especiais previamente discutidos com médico responsável.


 Quanto custa o exame?

A PCI com radioiodo, por envolver uso de insumos radioativos, equipamentos de alta tecnologia e a necessidade de profissionais com alta qualificação compreende procedimento de alta complexidade.
O custo do exame é coberto pela maioria dos convênios e planos de saúde.
Caso o seu plano não forneça cobertura ou a clínica não esteja credenciada, os valores praticados na "tabela particular" pode m ser obtidos via contato telefônico. Devido as constantes variações no custo de materiais, política tributária instável e margens de negociação, infelizmente não podemos dispor de tabela de preços on-line.
Caso o seu plano não forneça cobertura ou a clínica não esteja credenciada, os valores praticados na "tabela particular" pode m ser obtidos via contato telefônico. Devido as constantes variações no custo de materiais, política tributária instável e margens de negociação, infelizmente não podemos dispor de tabela de preços on-line.


 Como agendar meu exame?

A PCI com radioiodo deve ser primeiramente solicitada pelo seu médico (a).
Com o pedido do médico em mãos deve-se marcar o dia e horário do exame por telefone.
Serão fornecidas também orientações a respeito do preparo e duração do exame, além de eventuais dúvidas a respeito de credenciamento de convênios médicos, liberação de guias, valor de exames particulares de informações pertinentes.

Caso prefira, o agendamento também poderá ser realizado pessoalmente na Nuclevel.


 Quais são as recomendações para o exame?

Evitar o uso 05 dias antes do exame:
base de unha, esmalte, bronzeador, tintura para cabelo, banho de mar.
peixe, bacalhau, camarão, mariscos, couve-flor, agrião, caqui, repolho, espinafre, alcachofra, uísque, iodo.


05 (cinco) dias antes do exame suspender o sal ou usar sal sem iodo (disponível na farmácia chamomila).

Medicamentos que devem ser suspensos 30 (trinta) dias antes do exame:


cynomel

remédios que contenham iodo

xarope para tosse

vitamina b-12

tetroid

remédios para vermes

syntroid

tapazol

propiltiuracil

amidarona (atlansil)

angiodaroma

takinoide

ancoron

e qualquer outro medicamento para tireóide.


Evitar rx contrastado, tomografia com contraste, de preferência por 3 meses antes do exame.
Já deve ter feito cirurgia para tireóide, a pelo menos, um (01) mês antes de fazer o exame.

Ná véspera do exame (após tomar o iodo na clínica) o paciente deve tomar 5 (cinco) comprimidos de gulatax ou dulcolax ou 1 (um) vidro de laxol.

O procedimento com iodo é realizado em 2 estapas, com o paciente tomando o medicamento na quinta-feira de manha e retornando na sexta-feira à tarde para a realização do exame.

Trazer todos os exames anteriores de sangue ou relacionados a tireòide (cintilografias, ecografias, etc.)

Orientações diferentes podem ser dadas pelo médico clínico solicitante, as quais prevalecerão (informar quando chegar à clínica). Não suspender medicação por conta própria, somente após consultar seu médico.
Não pode estar grávida. Trazer teste de gravidez (beta hcg) negativo recente. Suspender a amamentação por 30 (trinta) dias após o exame (iodo) ou 2 (dois) dias (tecnècio).
Não trazer crianças á clínica, como acompanhantes. Informar qualquer tipo de alergia.

 Como é realizada a PCI com radioiodo?

Inicialmente, após fornecer dados para ficha cadastral e eventual liberação de guias na recepção da clínica, a equipe técnica da Nuclevel realizará uma entrevista, no intuito de obter informações pertinentes a respeito dos seus antecedentes de saúde, sendo então administrada por via oral (indolor, sem agulhas ou injeções) dose diagnóstica de iodo-131, sem riscos ou efeitos colaterais significativos. O volume a ser ingerido é muito pequeno, equivalente a um gole. Após a ingestão do radioiodo o (a) paciente retornará após 24 ou 48 horas a até 96 horas para realização das imagens, sendo o número de dias de retorno decididos para cada situação pela equipe da Nuclevel. O horário de retorno para realização das imagens no aparelho de medicina nuclear será fornecido no dia pela equipe técnica.

Neste intervalo procure ingerir líquidos para estimular a micção, e eliminar a parcela de dose que não foi retida pelo organismo. Deve-se tomar muito cuidado para não respingar urina nas roupas ou no próprio corpo, pois a presença desta urina com traços radioativos poderá atrapalhar na hora de adquirir as imagens. Não esquecer do banho de corpo inteiro e laxante previamente prescrito pela nossa equipe médica. O tempo para adquirir as imagens de PCI é em torno de 60-90 minutos no primeiro dia, variando de 15 a 60 minutos nos dias subsequentes.


 Prazo de liberação do resultado e cuidados após o exame:

Após o término da pesquisa de corpo - inteiro as imagens são processadas em computador, com análise e laudo realizados por equipe médica altamente qualificada, com resultado disponível para retirada no dia útil subsequente.
Em casos de urgência o resultado será informado por telefone diretamente para seu médico(a).
Caso você more em outra cidade ou estado, existe a opção de envio do resultado do exame via SEDEX,sendo cobrado o valor da taxa de envio da tabela dos CORREIOS®.


 Existe alguma restrição após o término do exame?

Quanto aos cuidados após a pesquisa de corpo - inteiro com iodo-131, o (a) paciente deverá permanecer afastado (a) de gestantes e crianças de colo por pelo menos 8 dias, período necessário para que os níveis de radiação cheguem a valores insignificantes. Não há necessidade de afastamento do trabalho após o exame, exceto em casos de contato constante com gestantes e crianças de colo ( trabalho em berçário, maternal, creche, etc), sendo , quando necessário, emitido atestado de afastamento por 2 dias a contar da data do exame.
Em relação aos hormônios tireoideanos (T4), consulte seu médico (a) para saber quando iniciar e qual dosagem adequada.

Caso esteja programado dose terapêutica com iodo-131, será necessário manter o preparo previamente descrito. Em casos de dúvida consulte seu médico (a) ou pergunte para equipe médica da Nuclevel.

obs.além das P.C.I. com iodo,podem ser realizadas com galio67(linfomas),MDP(ÓSSEA),IODO-MIBG(para neuroblastoma,feocromocitoma,etc) e outros
Copyright® NUCLEVEL - Todos os direitos reservados